ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Precisa de um acompanhamento jurídico para o seu caso? Clique no botão ao lado.

  • Hiromoto Advocacia

Conheça as doenças da coluna que podem dar direito a aposentadoria por invalidez





Uma em cada três das causas por invalidez no trabalho estão relacionadas a problemas na coluna, uma das doenças mais comuns que existem. Ou seja, em média, de cada 100 pessoas que se incapacitam e procuram a aposentadoria, 33 são vítimas desse tipo de problema. Não é atoa que essa é a maior causa de afastamentos no INSS.


Conheça as 5 doenças da coluna que podem gerar aposentadoria por invalidez ou direito ao auxílio doença:



HÉRNIA DE DISCO

A hérnia de disco ocorre quando uma porção de disco intervertebral na coluna comprime um nervo, sendo uma das causas mais comuns de lombar e também de dor na perna (dor ciática ou ciatalgia).


Em suma, a dor é o sinal mais significativo do problema, porém há características e outros sintomas da hérnia de disco lombar, veja:


  1. Dor irradiando para as pernas, quando o desgaste acontece na região lombar;

  2. Dor na região lombar, com piora à flexão da coluna vertebral (flexão anterior);

  3. Sensação de formigamento, sensação de queimação irradiada;

  4. Sensação de fraqueza nas pernas, por atingir raízes dos nervos da musculatura das pernas;

  5. Dificuldade em elevar a parte anterior do pé (pé caído ou pé em gota);

  6. Dor ao longo do trajeto do nervo ciático (coluna, nádega, coxa e perna).


Um trabalhador que exerce sua função carregando peso, pode desenvolver a doença por volta dos 40 anos de idade. É uma das doenças da coluna de podem gerar aposentadoria por invalidez no INSS, caso o trabalhador se torne permanentemente incapaz.



OSTEOFITOSE

Osteofitose ou Bico de Papagaio é uma patologia que se caracteriza pelo crescimento anormal de tecido ósseo em torno de uma articulação das vértebras cujo disco intervertebral, que deveria funcionar como amortecedor entre os ossos, está comprometida.


A postura incorreta pode ser considerada uma das principais causas da doença, é preciso redobrar a atenção nas atividades do dia a dia que possam favorecer a ocorrência de pequenos traumas e/ou o aumento da sobrecarga na coluna vertebral.


Essa é uma das doenças da coluna que podem ocasionar aposentadoria por invalidez no INSS.



DISCOPATIA DEGENERATIVA

A discopatia degenerativa é uma condição progressiva que afeta os discos intervertebrais. Apesar de ser mais comum na região lombar, também pode afetar as outras partes da coluna e causar dor, formigamento, rigidez e até dificuldade para mover as costas.


Essa doença degenerativa pode ser provocada com o ato de carregar peso de maneira irregular ou de se manter em uma postura viciosa durante um longo período de tempo.


Além disso, a obesidade, o tabagismo, má postura, a realização de atividades físicas não supervisionadas e a ocorrência de pancadas e lesões são as outra causas.


PROTUSÃO DISCAL

A protusão discal é o desgaste do disco localizado entre as vértebras. Os discos são estruturas fibrosas, que se localizam entre as vértebras, cujo objetivo é absorver os impactos e evitar o atrito entre as estruturas ósseas, garantindo a mobilidade.


Os sintomas mais comuns causados pela protusão do disco vertebral são:

  1. Dor na região afetada;

  2. Diminuição da sensibilidade nos membros perto da região;

  3. Sensação de formigamento nos braços ou pernas;

  4. Perda de força nos músculos da região afetada.


Os trabalhadores que carregam muito peso ou que exercem suas funções sem se preocupar com a postura podem desenvolver a doença. Caso se tornem incapazes para o trabalho, é uma das doenças da coluna que podem gerar direito à aposentadoria por invalidez no INSS


CERVICALGIA

Cervicalgia é dor na região do pescoço. Existem diversas causas para o problema, porém, muitas vezes o motivo está relacionado a inflamação de músculos ou desgaste na coluna vertebral.


O trabalhador com cervicalgia costuma adquirir uma atitude de defesa e rigidez dos movimentos, ocorre também uma alteração na mobilidade do pescoço e a dor durante a palpação da musculatura do pescoço podendo também abranger a região do ombro e nos casos mais graves ou prolongados irradiando para todo o membro superior.


Na sua fase crônica, ela pode ser o motivo do afastamento por mais de 15 dias, o que gera direito ao auxílio-doença.


Boa parte dessas dores cervicais são causadas por alterações na postura. Aqueles que trabalham no computador (na mesma posição por longo período) ou com o membro superior em elevação por muito tempo (cabeleireiros, garçons), devem se atentar à postura para não desenvolver a doença.


As doenças da coluna podem te afastar do trabalho e ensejar o auxílio-doença no primeiro momento. Porém, essas patologias podem incapacitá-lo de forma permanente para o trabalho. Nessas ocasiões, a aposentadoria por invalidez poderá ser concedida pelo INSS, caso seja constatada a incapacidade na perícia médica.


IMPORTANTE


Caso você tenha algum dos sintomas, procure seu médico para orientá-lo. Ele é fundamental para analisar se a doença o torna incapacitante para o trabalho, podendo recomendar um afastamento que, caso supere os 15 dias, dá direito ao auxílio-doença.


Para ter direito a aposentadoria por incapacidade permanente (aposentadoria por invalidez) ou benefício por incapacidade temporária (auxílio-doença), é preciso comprovar com exames e laudos médicos durante a perícia médica realizada pelo INSS.


O segurado nem sempre recebe logo a aposentadoria por invalidez, antes ele passará um período recebendo o auxílio-doença, isso porque há possibilidade da pessoa ter condições de retornar ao trabalho após tratamento médico.


Existem situações em que o segurado do INSS não necessita comprovar o período mínimo de 12 meses de carência, confira:


Quando estiver em situações de acidente de qualquer natureza.


No caso de acidentes ou doenças no emprego.


Quando é afetado por uma doença grave, irreversível e incapacitante, listada pelo Ministério da Saúde e do Trabalho e da Previdência como doença grave, irreversível e incapacitante.


2.078 visualizações

HIROMOTO ADVOCACIA é um escritório 100% Digital com forte atuação nas áreas da Saúde, Tributária, Previdenciária, Família, Consumidor, Imobiliário, Condominial Cobrança e LGPD.

ENFRENTANDO PROBLEMA PARECIDO?

Conte para nós o seu problema jurídico e com isso um  de nossos advogados especializados entrarão em contato para prestar a assessoria necessária para  o seu caso.

  • Instagram
  • Facebook

Obrigado pelo envio. Logo mais entraremos em contato.